Ir para o conteúdo principal
Close up de mãos no laptop

MTU Automates Global Business-Partner Due Diligence

Estudo de caso

De uma perspectiva de compliance, você trataria um parceiro de negócios ocidental de porte médio da mesma forma que um agente de vendas independente de um dos mercados emergentes da África ou Ásia? Provavelmente não. A MTU teve que fazer isso mas com um fluxo de trabalho eletrônico, padronizado e flexível. Siron®KYC by FICO TONBELLER was capable of managing this balancing act.

Mesmo antes que a MTU introduzisse a solução FICO TONBELLER, a subsidiária da Rolls Royce Power Systems AG, havia focado na conformidade para atender os regulamentos internacionais anticorrupção estipulados pela Lei de Suborno do RU e Lei de Práticas de Corrupção Estrangeiras (FCPA). O impacto dessas leis vai além dos limites nacionais afetando todas as empresas que têm atividades de negócios ou têm subsidiárias em um desses países ou são listadas na bolsa de valores dos EUA. Para identificar os riscos apresentados por parceiros de negócios e tomar medidas apropriadas, ambas as leis exigem procedimentos de auditoria baseados em risco com profundidade e intensidade variáveis. Além de sua própria força de vendas, a MTU conta com uma rede de parceiros. Esses parceiros agem como intermediários para a MTU e estão sujeitos a uma avaliação de risco intensa. Além da integridade e conformidade, a qualidade das vendas e dos serviços dos parceiros, seu desempenho financeiro, ou termos de contratos e acordos de comissão desempenham um importante papel. Uma solução de auditoria da FICO TONBELLER tem sido usada para gerenciar esses parceiros de negócio desde 2014.